Lisboa – Onde tem ouro do Brasil

No Bairro Alto de Lisboa encontram-se diversos monumentos de interesse turístico e também de grande valor para a história de Portugal. É uma região bastante aprazível, onde se destacam, no Largo Trindade Coelho, as construções interligadas da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o Museu de São Roque e a Igreja de São Roque. Além…

Berlim – Do nazismo à criatividade

Berlim é uma cidade que viveu duas Grandes Guerras Mundiais e, portanto, seus habitantes sentiram na pele a ascensão e queda do nazismo. Como poucas pessoas no mundo, a população berlinense sofreu em seu território a separação de muitas famílias a partir de um muro que dividiu a cidade por 28 anos. Essa infeliz obra,…

Bogotá – onde vivi muitas experiências

Após concluir minha graduação de Bacharel em Geografia, ao final de 1983, na Universidade Federal Fluminense, conheci Bogotá em 1985, quando fui selecionado para fazer uma pós-graduação de Especialização em Cartografia aplicada ao Planejamento Regional. Eu tinha 26 anos e fui viver essa experiência que me transformou por completo. Bogotá e o curso me fizeram…

Bonnieux e o belo filme de Agnès Varda

Bonnieux e o belo filme de Agnès Varda

Quando planejei uma viagem pela Provença Francesa, em 2015, selecionei, entre as cidades que tinha vontade de conhecer, Arles, Saint-Rémy-de-Provence e, com entusiasmo, Bonnieux. Ela se destaca por seu ar medieval e sua posição geográfica – pois se encontra localizada numa colina a 700 m de altitude, por ter belas moradias de pedra rústica e…

Kakheti – A região do vinho na Geórgia

Quando pensei em conhecer a Geórgia eu já havia tido o prazer de beber um vinho georgiano, logo, quando se tornou possível minha primeira viagem ao país, fiquei entusiasmado em poder conhecer as vinícolas locais e provar seus produtos. A felicidade foi maior quando cheguei à cidade de Telavi, capital da maior região produtora de…

Lisboa – Uma viagem ao passado com bonde e castelo

O prazer e a alegria de estar em Lisboa contagiam. As referências inebriantes vão do fado e do bacalhau a Fernando Pessoa e José Saramago, passando pelos bondes, azulejos, por Alfama e pela Sé Catedral. Ama-se ou odeia-se Lisboa, ninguém passa por essa cidade sem se sentir afetado de alguma forma. Eu amo! Assim que…